Mensagens

A mostrar mensagens de 2010

Que cada um possa escolher o seu caminho

Imagem
Poema de canção sobre a esperança

Dá-me lírios, lírios,
E rosas também.
Mas se não tens lírios
Nem rosas a dar-me,
Tem vontade ao menos
De me dar os lírios
E também as rosas.
Basta-me a vontade,
Que tens, se a tiveres,
De me dar os lírios
E as rosas também,
E terei os lírios —
Os melhores lírios —
E as melhores rosas
Sem receber nada.
A não ser a prenda
Da tua vontade
De me dares lírios
E rosas também.

Os nossos votos para 2011: Que cada um possa escolher o seu caminho
Pintura de Paul Klee poema de Fernando Pessoa[Álvaro de Campos]

Boas Festas

Imagem
Feliz Natal e Bom Ano Novo são os nossos votos sinceros. Voltamos em Janeiro.



acordo ortográfico nas escolas

Imagem
As escolas vão aplicar as novas regras a partir de Setembro de 2011.
O Lince é uma ferramenta de apoio à implementação do acordo ortográfico da língua portuguesa que converte o conteúdo de ficheiros de texto para a grafia a ser introduzida em vários países do espaço da CPLP. Para saber mais cerca desta ferramenta, que é gratuita, faça um clic sobre a imagem.

Árvores de natal... quando a imaginação não tem limites

Imagem
No átrio da entrada podemos apreciar estas três árvores de natal feitas de materiais que destinamos habitualmente ao lixo. Bela ideia. E parece-nos, também, uma boa ideia este poema: Natal, e não Dezembro
Entremos, apressados, friorentos,
Numa gruta, no bojo de um navio,
Num presépio, num prédio, num presídio,
No prédio que amanhã for demolido...
Entremos, inseguros, mas entremos.
Entremos, e depressa, em qualquer sítio,
Porque esta noite chama-se Dezembro,
Porque sofremos, porque temos frio.
Entremos, dois a dois: somos duzentos,
Duzentos mil, doze milhões de nada.
Procuremos o rastro de uma casa,
A cave, a gruta, o sulco de uma nave...
Entremos, despojados, mas entremos.
De mãos dadas talvez o fogo nasça,
Talvez seja Natal e não Dezembro,
Talvez universal a consoada.
David Mourão-Ferreira, Cancioneiro do Natal

Dia Internacional dos Direitos Humanos

Imagem
O dia 10 de Dezembro foi proclamado, em 1950, pela Organização das Nações Unidas, "Dia Internacional dos Direitos Humanos", com o objectivo de alertar os governantes de todo o mundo para o cumprimento da Declaração Universal dos Direitos Humanos. No seu artigo 1º declara-se: Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. Os alunos de Direito da escola não quiseram deixar de assinalar este dia e apresentaram, na bibliotecda, um trabalho que procura sensibilizar para os problemas decorrentes da falta de respeito para com a condição humana. A actividade foi enriquecida com a participação da Professora Teresa Cierco da UBI.

Conversas entre livros

Imagem
Ontem, entre as 20.30 e as 22.30 horas, decorreu a primeira actividade de: "Conversas entre livros". Os alunos de Literatura convidaram familiares a vir à escola conversar sobre livros e leituras e os professores que acompanharam a sessão também trouxeram amigos. Entre os convidados um avô que, no final da sessão, deixou a seguinte mensagem para os mais jovens: Leiam os livros que puderem mesmo aqueles de que não gostem tanto. Alguma coisa de bom ficará. Que atitude extraordinária! Bem-Haja por ter participado.

A Escola na entrega dos prémios HCA

Imagem
No sábado, 4 de Dezembro, pelas 15.30 horas, na biblioteca municipal, decorreu a cerimónia da entrega dos prémios do concurso literários e artístico Hans Christian Andersen [HCA]. Entre os premiados contaram-se alguns alunos da escola. Esta foi também uma oportunidade para as alunas do curso APS08 apresentaram a "Maleta de Leitura: HCA". Na página do facebook da biblioteca mostramos mais algumas fotografias.

Circo Mágico... livro infantil

Imagem
O facebook é, goste-se ou não, uma porta sempre aberta a novas oportunidades. Entre os muitos amigos que seguem a página da biblioteca encontra-se Alexandre Brito, autor de língua portuguesa de além Atlântico, com o qual mantivemos, há uns dias atrás,um interessante diálogo. Agora fez-nos chegar um pequeno excerto seu livro Circo Mágico.

Neste livro de poesia infantil o autor mostra, com muita delicadeza e humor, a vida dos artistas de circo. Os poemas são ilustrados pelo artista plástico Eduardo Vieira da Cunha. Um clic sobre a imagem permite aceder ao excerto.

Aprender e Inovar com TIC - 2010/2013

Imagem
O Ministério da Educação através da DGIDC lançou a iniciativa "Aprender e Inovar com TIC” que tem como finalidade a promoção da utilização educativa das TIC com vista à melhoria das aprendizagens dos alunos.
Esta iniciativa apoiará projectos inovadores que promovam a utilização educativa das TIC e encontra-se aberta a escolas do ensino público de Portugal.
Os projectos, sujeitos a candidatura, terão a duração de três anos.As candidaturas decorrem até 15 de Dezembro e processam-se mediante preenchimento de um formulário online. Os resultados das candidaturas serão tornados públicos no dia 1 de Fevereiro de 2011.
Mais informações podem ser solicitadas através de comtic@dgidc.min-edu.pt Um clic sobre a imagem permite aceder a detalhes acerca da candidatura, do edital e outras informações úteis.

Lá fora neva...

Imagem
Um manto branco vai tomando conta da escola.
Este dia trouxe-nos neve.
Eu trouxe este poema de Eugénio de Andrade

Nem sempre o corpo se parece...


Nem sempre o corpo se parece com
um bosque, nem sempre o sol
atravessa o vidro,
ou um melro cante na neve.

Há um modo de olhar vindo
do deserto,
mirrado sopro de folhas,
de lábios, digo.

A poupa pipoca

Imagem
A manhã surgiu clara e muito fria. Mas um som bem distintivo não me passou despercebido, um canto característico: hoop-hoop-hoop.
Não a vi hoje mas já a avistei de outras vezes na área envolvente da escola. Trata-se de uma poupa! Tem uma crista em forma de poupa que lhe dá o nome. Como disse, não a vi. Mas deu-me a oportunidade de apresentar esta lengalenga da autoria de Violeta Figueiredo.

POUPA
Papou a poupa pipoca
do milho da maçaroca.
Tanta pipoca papou
que o milho quase acabou
e agora a pipoca é pouca.
-Ó poupa, poupa pipoca!
- Está bem, amanhã eu poupo.
Mas muito não, poupo pouco.

Asas, maçãs e telescópios

Imagem
Em "Asas, Maçãs e Telescópios" a ciência surge explicada de uma maneira simples mas sem perder o rigor No livro, "... descobrirás os problemas que Copérnico procurou resolver, as estranhas ideias de Kepler, as dificuldades enfrentadas por Galileu e o mau feitio de Newton. Se estiveres disposto a percorrer o caminho dos raciocínios, das observações, das experiências e das demonstrações destes cientistas, poderás compreender as suas ideias, apontar, com Galileu, o telescópio para o céu, intuir os novos e poderosíssimos instrumentos matemáticos "construídos" por Descartes, Leibniz e Newton, e chegar à formulação da teoria da gravitação universal..." Na biblioteca com o nº de registo: 13378

Na Semana da Ciência e da Tecnologia

Imagem
Uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos que pode ser visitada na biblioteca. Passagem de filmes, mostra de livros de ficção científica e duas tertúlias: " Utopia e Distopias" e " "Júlio Verne, precursor da ficção científica" são outros assuntos que merecem atenção e completam o programa. Participa.

No aniversário de José Saramago

Imagem

Comer com conta, peso e medida [2]

Imagem
No ar sentimos o cheiro característico da castanha assada. É o mote para apresentarmos o segundo apontamento de: comer com conta, peso e medida.
Pelo S. Martinho os magustos são uma oportunidade para reunir à volta de uma fogueira os apreciadores de castanha assada que as acompanham com uma jeropiga ou água-pé. Esta tradição celebrada de norte a sul, bem aqui no interior, e é a oportunidade para recomendarmos a leitura de um livro: Castanea: Uma dádiva dos deuses, da autoria de Jorge Lage. Para além de uma incursão sobre a problemática do castanheiro o autor quis recuperar a tradição de incluir as castanhas na alimentação. Usada na cozinha desde tempos imemoráveis, no século XVII a castanha era um dos produtos básicos da alimentação da população do interior de Portugal, assumindo-se como um substituto da batata e do pão pois era transformada em farinha, após moagem.
Gastronomicamente a castanha assume-se como um produto de altíssima qualidade e atinge o estatuto de iguaria da doçaria fra…

A propósito de S. Martinho...

Imagem
Neste dia fresco de Novembro, enquanto escrevemos este post, o vento lá fora, obrigatoriamente, faz-nos acreditar num dos provérbios que podemos associar a S. Martinho: Se o Inverno não erra caminho, têmo-lo pelo S. Martinho.
Mas estas linhas não são para dar conta de outros provérbios associados ao que é o patrono da cidade do Fundão, nem sequer são dedicadas a contar a sua lenda, apropriadamente ligada ao rigor do tempo e aos tempos que correm. Desta vez são para recomendar a leitura do livro Imaginária sacra : da paróquia de S. Martinho do Fundão.
Neste livro podemos encontrar um conjunto apreciável de imagens de peças de arte cristã e que constituem uma parte do espólio de arte sacra da paróquia do Fundão.
Nas palavras do Pe. Jorge Colaço, seremos tanto mais ricos quanto maior for o nosso conhecimento do passado e fazer “… memória destes legados, leva-nos a uma obrigatória sintonia com a História desta comunidade …” cumprindo-se, assim, “… um dever de memória!”
Ao teu dispor na bibliote…

Exposições em Versailles

Imagem
Agora que o fim de semana está mesmo, mesmo, a chegar, porque não uma visita virtual ao palácio de Versailles onde decorrem várias exposições. A viagem não é maçadora, garantimos, e um simples sobre a

Comer com conta, peso e medida [1]

Imagem
Agora que o Natal se aproxima a passos largos não queríamos deixar de incluir nas nossas recomendações de leitura algumas publicações ligadas ao nosso património culinário, pois a identidade de um povo passa pela preservação da sua cultura, das suas tradições. Reconhecemos que hesitámos em iniciar este tema considerando a possibilidade podermos ser acusados de promover uma alimentação pouco saudável. Não é essa nossa intenção!
“Ter hábitos alimentares saudáveis não significa fazer uma alimentação restritiva ou monótona. Pelo contrário, um dos pilares fundamentais para uma alimentação saudável é a variedade. Quanto mais variada for a sua selecção alimentar, melhor! Diferentes alimentos contribuem com diferentes nutrientes o que, potencialmente, enriquece o dia alimentar de cada pessoa.
Ao optar por hábitos alimentares mais saudáveis, não tem que abdicar daqueles alimentos menos saudáveis de que tanto gosta. O importante é que o consumo desses alimentos constitua a excepção e não a regra …

Halloween, dia das bruxas e leituras

Imagem
O Dia das Bruxas [halloween] é um evento tradicional dos países anglo-saxónicos e com pouca expressão entre nós. Ainda assim, nos últimos anos, na noite de 31 de Outubro, são cada vez mais os jovens que ,vestidos com fantasias de bruxas, fantasmas..., entre outras, batem às portas e pedem doces aos moradores. A origem do "Halloween" aparece associado ao povo celta, assinalando o final do verão e o tempo de armazenamento das provisões para o inverno. A celebração era conhecida como Samhain, Samhein, Festa do Sol... mas prevaleceu o nome de "Halloween", que significa véspera do Dia de Todos os Santos. De acordo com a lenda as fogueiras das casas eram acesas a partir das brasas de uma fogueira sagrada e para as transportar usava-se o interior dos nabos, que também funcionavam como lanternas. Os irlandeses passaram a esculpir nabos e beterrabas para funcionarem como lampiões e quando emigraram para a América passaram a utilizar com a mesma finalidade as abóboras. Desde…

No dia das bibliotecas... com H. C. Andersen

Imagem
Falar de Hans Christian Andersen [1805-1875], escritor dinamarquês cuja obra literário está traduzida para mais de uma centena de línguas, é falar de contos infantis pese o facto do escritor ser, também, autor de romances, livros de poemas e relatos de viagens.
[...] Era um homem magríssimo, muito alto, suavemente sonhador, esquisito como diz o povo, de olhos meio fechados, expressão alegre e… tinha um quê de sublime. [...]http://purl.pt/768/1/contista-anderson.html.
Não teve uma infância fácil mas apesar das dificuldades aprendeu a ler desde muito cedo. Encantava-o ouvir histórias.
As dificuldades porque passou e as gritantes desigualdades sociais que caracterizavam a sociedade em que cresceu influenciaram de forma decisiva o seu modo de escrever. Essa experiência de vida marcará o seu estilo de escrita e contribuirá para a presença permanente da indicação, nos seus contos, de comportamentos reprováveis; simultaneamente um grito de alerta para a importância das relações humanas se bas…

Hoje, na escola..."Greenpeace" deu palestra.

Imagem
Acabou há instantes a palestra sobre o meio ambiente e a acção da organização "Greenpeace". Fica bem documentado o interesse dos mais de 80 alunos que assistiram à apresentação [em inglês, pois tratava-se uma actividade de âmbito curricular organizada pelos professores de língua inglesa] e que tiveram a oportunidade de... fazer questões aos dois activistas da organização.No final houve tempo para troca de e-mails e alguns autógrafos.Aguardamos a próxima.

A raposa que foi ao galinheiro ... [quem é a raposa?]

Imagem
As fábulas, de um modo geral, relevam a vitória da fraqueza sobre a força, da bondade sobre a astúcia, a derrota dos preguiçosos... As fábulas podem [devem] ser usadas para discutir o comportamento humano e são intemporais. Os contos tradicionais podem ter a mesma finalidade. É neste contexto que propomos a leitura deste conto de Ana de Castro Osório. em [Contos, fábulas facécias e exemplos da tradição popular portuguesa]. na biblioteca com o nº de registo: 11857
Um dia a Raposa, que rondava havia muito pela porta de um rico lavrador, dono de farta capoeira, descobriu nesta um buraco. Como o buraco era pequeno encolheu-se quanto possível, e, fazendo-se esguia, conseguiu caber por ele.
Ia só para estudar o caminho (pensava ela), e depois voltaria por lugar mais seguro e fácil.
Mas o mau foi apanhar-se lá dentro, pois assim que viu diante dos seus olhos as galinhas, galos, frangos, patos e perus, não teve mão na gula, deitou-se a eles e comeu, comeu, até se abarrotar.
No melhor da festa, quan…

Assinalando o Dia Mundial da Alimentação

Imagem
A 16 de Outubro assinala-se o Dia Mundial da Alimentação data que comemora a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), decorria o ano de 1945.
Cada ano é dedicado a um tema diferente e, para 2010, a proposta é “O Direito à Alimentação e a Luta Contra a Fome”.
Porque é importante estarmos bem informados sobre nutrição e cuidados na alimentação deixamos este vídeo a que pode aceder via YouTube com o título:Frutas e verduras que diminuem a fome e ajudam no emagrecimento. Basta um clic sobre a imagem. Para obter mais informação sobre os temas dos últimos anos deixamos este endereço: http://www.feedingminds.org/info/wfd_pt.htm

... realidade ou ficção?

Imagem
"... a casa do rei tinha muitas mais portas, mas aquela era a das petições. Como o rei passava todo o tempo sentado à porta dos obséquios (entenda-se, os obséquios que lhe faziam a ele), de cada vez que ouvia alguém a chamar à porta das petições fingia-se desentendido, e só quando o ressoar contínuo da aldraba de bronze se tornava, mais do que notório, escandaloso, tirando o sossego à vizinhança (as pessoas começavam a murmurar, Que rei temos nós, que não atende), é que dava ordem ao primeiro-secretário para ir saber o que queria o impetrante, que não havia maneira de se calar. Então, o primeiro-secretário chamava o segundo-secretário, este chamava o terceiro, que mandava o primeiro-ajudante, que por sua vez mandava o segundo, e assim por aí fora até chegar à mulher da limpeza, a qual, não tendo ninguém em quem mandar, entreabria a porta das petições e perguntava pela frincha, Que é que tu queres. O suplicante dizia ao que vinha, isto é, pedia o que tinha a pedir, depois instalav…

Para além das imagens... Para lém das palavras

Imagem
Por vezes há livros que vêm ter connosco. É o caso deste livro que dá título ao post e que recomendamos para o mês de Outubro.
Ele olhava com determinação, Com alma e coração. Sendo especial e diferente A sua cara era estranhamente atraente. Mas isso não era de importar, O que interessava agora era o seu olhar. Naqueles olhos via horizontes, Que prometiam dar origem a novas fontes. Aquele olhar ostentava uma luz bela, Um futuro bonito saía de dentro dela. Nos seus lábios via o mar, De lá vinham ondas tão belas como aquele olhar.

Ana Carolina Fidalgo Escolhemos este texto e respectiva ilustração, entre mais de duas dezenas, apenas por ser o primeiro que surge no livro.


Transição web1.0 a web 2.0

Imagem
Merece a pena ver esta animação com pouco mais de minuto e meio de duração pois dá-nos uma ideia do modo como passámos de uma web 1.0 a uma web 2.0. "A Web começou por ser sobretudo texto com hiperligações, a que se vieram a associar imagens, som e mais tarde vídeo. Tivemos momentos em que os sítios Web pareciam mostruários de cor, som e de animações (Carvalho, 2005).
Depois da euforia multicolor e sonora, passou-se a uma fase de maturidade em que se procura a sobriedade e a simplicidade. Com a Web democratizou-se a publicação online e o acesso à informação. Com o aparecimento das funcionalidades da Web 2.0, conceito proposto por Tim O’Reilly e o MediaLive International, a facilidade de publicação online e a facilidade de interacção entre os cibernautas torna-se uma realidade." (Carvalho, 2008)

Ventos fortes ajudaram Moisés?

Imagem
A Bíblia está repleta de narrações de acontecimentos que transcendem a capacidade da intervenção humana. O caso da libertação do povo israelita, da escravidão do Egipto, que Moisés conduziu através do deserto e que culminou com a passagem através do mar Vermelho, afastadas que foram as águas, é uma delas.
Há alguns anos atrás o matemático russo Naum Wolzinger afirmava ter descoberto a explicação da separação das águas do mar avançando com uma teoria que implicava a existência de uma maré provocada por um vento muito forte e conjugada com o facto de haver um recife a cerca de sete metros de profundidade, na zona que os textos bíblicos referem como sendo a da travessia.
Agora surge a notícia dando conta que dois pesquisadores americanos acreditam ter descoberto o local onde Moisés teria dividido as águas do Mar Vermelho, há cerca de 3.000 anos atrás, e também como ele o teria conseguido: com a ajuda do vento.
Carl Drews, do Centro Nacional de Pesquisas Atmosféricas, principal autor do estu…

República 1º Centenário [2]

Imagem
O segundo post dedicado à comemoração dos 100 anos da República quer por em evidência este pequeno livro sobre João de Barros, pedagogo e político do início do século XX: A Pedagogia e o Ideal Republicano em João de Barros.
João de Barros foi um dos ideólogos da escola republicana mas a sua dedicação à causa educativa da República não o impediu de admitir que os resultados obtidos se afastaram dos preconizados como os grandes ideais democráticos da educação republicana e em especial dos grandes objectivos da reforma:
. diminuir o analfabetismo
. valorizar a formação do indivíduo a todos os níveis: físico, intelectual e moral.
Referimo-nos à reforma do ensino primário que, nas palavras de Rómulo de Carvalho, tinha como ambição por em prática uma “… educação interessada na criação e consolidação de uma nova maneira de ser português, capaz de expurgar a Nação de quantos males a tinham mantido, e mantinham, arredada do progresso europeu, sem força, sem coragem, sem meios para sacudir de si a …

Biblioteca Escolar. Uma aventura alfabética

Imagem
Pela curiosidade e pela força da mensagem, não podemos deixar de partilhar [ainda que em castelhano] a resposta de Cabrero [2001] à pergunta: "Qué se puede hacer desde una biblioteca escolar?"

abrirla y animarla
bucearla y bruñirla
cuidarla y completarla
dinamizarla y difundirla
explicarla y escribirla
frecnentarla y facilitarla
garantizarla y gastarla
hojearla y habitarla
inventarla e investigarla
jugarla y jalearla
leerla y libarla
merecerla y manosearla
necesitarla y navegarla
organizarla y ocuparla
proclamarla y pensarla
quererla y quimificarla
renovarla y recorreria
sonarla y senalizarla
trabajarla y trashumarla
utilizarla y universalizarla
visitarla y valorarla
zampárnosla y zarpar desde ella, viajando
por un interminable oceano de libros

o artigo pode lê-lo fazendo um clic sobre a imagem

Estatuto do aluno

Imagem
um clic na imagem para aceder ao documento.
Lei n.º 39/2010 de 2 de Setembro
Segunda alteração ao Estatuto do Aluno dos Ensinos Básico e Secundário, aprovado pela Lei n.º 30/2002, de 20 de Dezembro, e alterado pela Lei n.º 3/2008, de 18 de Janeiro.

República 1º Centenário [1]

Imagem
A 5 de Outubro de 2010 comemora-se o primeiro centenário da implantação da República em Portugal. Estamos perante uma oportunidade para aprofundar o nosso conhecimento acerca dos valores e do ideário republicanos, e o contexto social e político em que ocorreu.

A entrevista a José Costa Pimenta, autor do livro: O relato secreto da implantação da república feito pellos maçons e carbonários, recolhida no JL [ed. nº 1039] e a que se pode aceder fazendo um clic sobre a imagem é uma dessas oportunidades.

Esta escolha, como primeira para comunga muito da ideia apresentada pelo Museu da Música para justificar as escolhas que enformam o programa das comemorações do centenáro "...as reflexões críticas só são úteis se forem partilhadas, para que possam ter um efeito construtivo e abrir a possibilidade de se concretizar uma melhoria do funcionamento das instituições e da qualidade de vida dos cidadãos."

De regresso ao trabalho

Imagem
Nós podemos estar ausentes mas não é por esse facto que os documentos deixam de chegar à biblioteca. Assim, não foi propriamente surpresa encontrar a mesa de trabalho preenchida com jornais, livros, revistas...e que agora necessitam de tratamento adequado. Mas vamos ao que interessa, de facto! Hoje inicia-se mais um ano escolar e podeis contar com o nosso trabalho e empenho para vos ajudar a construir um percurso escolar de sucesso. Aguardamos pela V/ visita já na próxima semana e depois como presença assídua ao longo de todo o ano. Bom ano e boas leituras, do José Pina

Desafio...para as férias

Imagem
O tempo que se avizinha é tempo de férias e a actividade do blogue vai diminuir até meados de Agosto. Neste interregno e para ocupares de forma activa alguns momentos de ócio deixamos-te o seguinte desafio:Tenta colocar oito peças num tabuleiro de xadrez de modo a que, na mesma linha, coluna ou diagonal, nunca estejam duas delas.O problema [das 8 damas] foi inicialmente propostoMax Bezzelem1848 e a primeira solução foi proposta em 1850 por Franz Nauck.Nós deixamos uma das 92 soluções. Caso queiras, faz chegar até nós outras soluções.Até depois, boas férias e boas leituras.

Calendário Escolar 2010/2011

Imagem

Resultados dos exames nacionais 9º ano

Imagem

...para sempre presente [José Saramago]

Imagem
O número 1037 do JL, a que podes aceder na biblioteca da Escola, dá grande destaque a José Saramago. Nunca é demais enaltecer aquele que na perspectiva de, José Carlos de Vasconcelos, "... foi a figura, o criador, a que o JL deu mais espaço ao longo da sua existência.../... ser, de longe, o escritor português.../... de que mais se falou e fala, mais influência exerceu e exerce." São vinte e quatro páginas onde os colaboradores do jornal deixam a sua impressão sobre a obra e a pessoa do Nobel da literatura. À margem, podemos encontrar citações de escritores, políticos, personalidades do mundo das letras, sobre o escritor e uma curiosa reprodução das capas do JL onde José Saramago foi o principal destaque.

O desafio do ministro...

Imagem
Alguns estudos apontam no sentido de afirmar que a alfabetização científica garante o interesse dos alunos quando é bem trabalhada em contexto lectivo. Ora num mundo profundamente marcado pela ciência e pela tecnologia faz, assim, todo o sentido o apelo do ministro da Ciência e Tecnologia e do Ensino Superior, Mariano Gago, ao desafiar o país a estudar mais, a voltar à escola, porque é preciso saber mais. Isto porque “…todos sabemos que não basta abrir vagas, não basta organizar os cursos, não basta desenvolver o ensino à distância, tão atrasado ainda no nosso país. Não basta tudo isso que é essencial, é preciso mais”. Não podíamos estar mais de acordo. Mas atrevemo-nos a reforçar os argumentos do desafio avançando, e recorremos a Sardinha [2007], que “… só sendo leitores competentes poderemos ser livres nas nossas escolhas e, consequentemente, exercer democraticamente a nossa cidadania.”

Exupéry nasceu há 110 anos

Imagem
Completam-se hoje 110 anos do nascimento de Antoine de Saint-Exupéry.
Escritor, ilustrador e piloto com alma de poeta, foi desde a infância um apaixonado pela mecânica. Faleceu durante uma missão de reconhecimento na II Guerra Mundial e, recentemente, o alemão Horst Rippert assumiu ter sido o autor dos tiros responsáveis pela queda do avião, acrescentando ter lamentado a sua morte. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram encontrados a poucos quilómetros da costa de Marselha mas o seu corpo nunca foi encontrado.
É o autor de "O Principezinho", uma das obras mais traduzidas de sempre, onde Exupéry conta a história dum menino e da sua rosa numa viagem fantástica e dos seus encontros inverosímeis. No fundo é um livro em que o autor revela a sua visão do mundo e onde procura mostrar o que é o amor e a amizade e onde o tema da solidão e da tristeza não deixam de estar presentes. Mas é em "Terra dos Homens" que ele reflecte sobre o valor da amizade, o sentido da vi…

1.º Encontro da Rede Concelhia de Bibliotecas da Marinha Grande

Imagem
Vai realizar-se no próximo dia 09 de Julho o 1.º Encontro da Rede Concelhia de Bibliotecas da Marinha Grande [cidade irmã do Fundão]. . As inscrições são gratuitas e encontram-se abertas até ao dia 02 de Julho. . . Um clic sobre a imagem permita ampliar a imagem e aceder à programação do encontro.

Um exemplo a seguir.

Imagem
Por vezes somos confrontados com notícias que evidenciam boas práticas. Esta é, sem dúvida, uma delas e um exemplo que merece divulgação e seguidores. Temos, para nós, que este é um dos casos que demonstra muito bem que as grandes obras podem nascer de pequenos gestos. . Um clic para ampliar a imagem e ler a notícia.

A Consistência dos Sonhos: A exposição da vida de José Saramago

Mariana Morgadinho uma das seis finalistas do CNL

Imagem
Há cerca de dois meses Mariana Morgadinho, aluna do 12º ano da nossa escola, depois de apurada para fase final do Concurso Nacional de Leitura escrevia no jornal Olho Vivo que "... a próxima paragem é Lisboa e o Teatro da Trindade, onde tentarei dar o meu melhor e representar a nossa escola e o distrito da melhor maneira. Mais do que tentar ganhar, vou tentar divertir-me e retirar o máximo proveito desta experiência. Só tenho a dizer mais uma coisinha: leiam e leiam e leiam, nem que seja um “livrinho”, pois não precisa de ser um “livrão”, para ser uma boa história..."
Pois é, a Mariana deu o seu melhor e viu recompensado o seu esforço já que foi uma das seis finalistas do concurso.

Vida exótica em Titã?!..

Imagem
Dados recolhidos pela nave Cassini, que investiga a actividade química à superfície de Titã, revelam que as moléculas de hidrogénio, criadas na alta atmosfera da lua de Titã, fluem em direcção ao chão e parecem desaparecer. Outros dados apontam para a existência de acetileno, em quantidades inferiores às esperadas, na superfície desta lua de Saturno. O interesse destes dados é que sugere modelos para formas de vida microscópicas, baseadas em metano e acetileno. O consumo de hidrogénio é muito revelador uma vez que de acordo com o mesmo modelo, seria precisamente este o gás respirado pelas eventuais formas de vida de Titã.

O acetileno é um gás incolor, de odor desagradável, com um ponto de ebulição próximo dos 83ºC negativos. Cada molécula é constituída por dois átomos de carbono e dois átomos de hidrogénio ligados através de uma ligação tripla.
Titã é a maior lua de Saturno sendo cerca de uma vez e meia o tamanho da Lua. Esta lua de Saturno possui uma atmosfera mais densa do que a da Ter…

5 de Junho: Dia Mundial do Ambiente

Imagem
Num tempo em que se fala no degelo dos glaciares deixamos esta espectacular imagem que poderá ter tanto de bela quanto de preocupante.
A imagem dá-nos conta de uma depressão aberta no gelo pela cryoconite [crioconita] e de bolhas de ar e gás resultantes da acção de bactérias e algas que, emergindo na superfície, foram aprisionadas pelo arrefeciemnto nocturno.[NGP,2010]
Cryoconite [crioconita] é um material escuro formado por detritos orgânicos e inorgânicos que contribui para a fusão do gelo. O facto dos materiais escuros absorverem fortemente a radiação solar aumentam a temperatura localmente e, daqui resultante, o gelo tende a fundir formando-se pequenas depressões nas camadas geladas, o que representa uma fonte de erosão glacial.
Nestes detritos existem comunidades de microrganismos que incluem bactérias, vírus e algas… e, embora não haja nada de intrinsecamente não natural na presença da cryoconite, os cientistas interrogam-se sobre o papel que pode vir a desempenhar no desaparecimen…

Alunos da Escola vencem prémio...

Imagem
Um clic na imagem para aceder ao artigo do jornal . Estão de parabens alunos, professor e, naturalmente a Escola, com mais este prémio que vem reconhecer o trabalho que desenvolveram ao longo do ano.

1 de Junho - Dia Mundial da Criança

Imagem
Convenção sobre os Direitos da Criança A convenção sobre os direitos da criança foi adoptada pela Assembleia Geral nas Nações Unidas em 20 de Novembro de 1989 e ratificada por Portugal em 21 de Setembro de 1990. um clic sobre a imagem para aceder ao texto.

A IV Mostra de Ciência está aí...

Imagem
A IV Mostra de Ciênca da Escola já começou e nós também marcamos presença.
Esta festa que envolve toda a Escola conta, como habitualmente, com a forte presença dos mais jovens, ávidos por experiementar e conhecer novos mundos. São cerca de 100 os projectos presentes que mostram o que se fez durante o ano lectivo e acresce a este número mais algumas dezenas de actividades relacionadas com o mundo das ciências experimentais, da literatura, das artes e das ciência sociais e humanas, da matem´tica, da gestão... Fica o convite para ser visitada e vivida, ainda hoje, a partir das 14 horas.

No novo anfiteatro... aconteceu teatro

Imagem
No 3º e 4º dia do projecto: no rigor da física a leveza das artes, o teatro foi o mote para que viessem à escola [ em horário pós-laboral] familiares, professores e amigos dos alunos do 8ºA/B e do 9ºA/B, para assistirem a duas peças trabalhadas na oficina de teatro: "escudos humanos" e "da saca à tela".