Mensagens

A mostrar mensagens de 2008

Ainda em tempo de férias...uma nova proposta de leitura

Imagem
Lucius Flordelótus foi incumbido por Júlio César de ir à Gália para derrotar os “irredutíveis” gauleses. Convencido de que só a incompetência dos seus colegas os tinha impedido de vencê-los, comanda um poderoso ataque à aldeia dos nossos amigos gauleses. Minutos depois, derrotado e humilhado, resolve cercar a aldeia para impedir os gauleses de “espalhar o espírito rebelde pela Gália.” É então que Astérix aposta com Lucius Flordelótus que conseguirá furar o cerco, sair da aldeia, dar a volta à Gália e trazer especialidades de cada uma das regiões percorridas como prova do seu sucesso... [descrição da editora]

História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar

Imagem
de Luis Sepúlveda

Uma gaivota, vítima de uma maré negra, antes de morrer, põe um ovo que confia a Zorbas, um gato grande, preto e gordo, e pede-lhe que cumpra três promessas: não comer o ovo; cuidar dele até nascer a gaivota; ensiná-la a voar.
A missão não fácil e é estranha, mas Zorbas aceita-a!
As duas primeiras promessas foram cumpridas apesar dos muitos perigos que sempre espreitaram mas a tarefa final exigia a ajuda de alguém muito especial e, ainda por cima, implicava que quebrasse o tabu dos gatos…
Luís Sepúlveda, o autor desta fábula, nas palavras de Dias (2008) foi habituando os seus leitores a uma linha de pensamento assente em valores como”… a defesa do meio ambiente, sobretudo no que respeita ao ecossistema dos oceanos, a solidariedade, a aceitação e integração das diferenças.”
Nesta edição da ASA podemos ler em nota de apresentação que com “…a graça de uma fábula e a força de uma parábola, o grande escritor chileno oferece-nos neste seu livro uma mensagem de esperança de altís…

...independentemente do suporte: boas leituras!

Imagem
Em O Bibliotecário (1566) Arcimboldo parece propor-nos uma reflexão sobre a leitura. O pintor traz para o quadro olhares deslocados, livros que remetem a livros.
Arcimboldo reflecte sobre a relação leitor/ leitura, espectador/obra onde a leitura é apresentada como caminho pois de acordo com as palavras de Metz, C. (1974) “… um quadro é uma imagem, mas não é apenas isto; ou antes, a imagem, nele, é intimamente atravessada por mil configurações que, ao mesmo tempo, nos levam muito longe…” pois “… o quadro não é outra coisa senão a leitura que dele se faz: narração, descrição, cenário.”

...foi assim há 60 anos

Imagem
Declaração Universal dos Direitos Humanos

"...considerando que é essencial a protecção dos direitos humanos através de um regime de direito, para que o homem não seja compelido, em supremo recurso, à revolta contra a tirania e a opressão...
... a Assembléia Geral proclama como ideal comum a atingir por todos os povos e todas as nações, a fim de que todos os indivíduos e todos os órgãos da sociedade, tendo-a constantemente no espírito, se esforcem, pelo ensino e pela educação, por desenvolver o respeito desses direitos e liberdades e..."

Artigo 1°
Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.

A Maior Flor do Mundo

José Saramago escreveu esta bela história para crianças mas que os adultos também devem ver.
As crianças crescem num mundo marcado pelo individualismo e com falta de ideais.
A história foi animada e José Saramago emprestou-lhe a voz.
Imagem
As candidaturas ao Concurso de Ideias do Prémio Fundação Ilídio Pinho "Ciência na Escola" 7ª edição decorrem até 9 de Janeiro de 2009.
Esta edição 2008/2009 do "Ciência na Escola" elege projectos centrados na Área da Matemática, nomeadamente, na vertente do desenvolvimento de unidades de aprendizagem que integrem as Tecnologias de Informação e Comunicação e os Quadros Interactivos.

Mais informações e o regulamento pode ser consultado em:

Página da Fundação

..de manhã quando cheguei via-te assim!

Imagem
Ao fundo a Serra da Estrela coberta pelo branco manto de neve fez-nos recordar o poema de Augusto Gil: A Balada da Neve. Deixamos alguns versos:

Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.

É talvez a ventania:
mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho…

Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía .../...

Desafio:
Envia-nos fotografias e poemas relacionados com a neve. Nós publicamos.

...a força da vírgula!

Imagem
A campanha dos 100 anos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa) fez a propósito da posição da vírgula, um conjunto de exercícios.

Merece a pena a leitura dos exemplos e, no final, resolver o exercício proposto.


A vírgula pode:
ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.
fazer desaparecer o dinheiro.
23,4 €
2,34 €
ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.
criar heróis
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
e criar vilões
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.
ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
mudar uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

Exercício:
Coloque a vírgula local certo.

Se o homem soubesse o valor que TEM a MULHER andaria de quatro à sua procura.
...
- Se é mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
- Se é homem, por certo, colocou a vírgula depois de TEM.

...agora que o inverno se aproxima

Imagem
A gripe é uma doença infecciosa provocada por um vírus e que se manifesta por aparecimento súbito de febre e sintomas respiratórios.

É, muitas vezes,confundida com outras doenças com um quadro clínico semelhante como é a vulgar constipação.
Entre nós surge com mais frequência no Outono e no Inverno e quando os surtos são causados por subtipos virais completamente novos, o que geralmente acontece a intervalos de 10-30 anos, há rápida propagação do vírus, podendo assumir proporções mundiais,designando-se por pandemia.
A pandemia mais grave que ocorreu nos últimos séculos foi a de 1918, que vitimou mais de 20 milhões de pessoas. [adaptado de www.gripe.com.pt]

um pequeno filme sobre o virus da gripe

uma história ilustrada sobre a gripe [em inglês]

Mantem-te informado.

...os laboratórios de FQ foram pequenos. O interesse do tamanho da imaginação!

26 de Novembro. Pouco passava das 8 h e 30 min e...

Fecho os olhos por instantes. Abro os olhos novamente. Neste abrir e fechar de olhos, já todo o mundo é diferente[..]. A. Gedeão

Os laboratórios de Física e Química ficaram cheios de alunos curiosos e desejosos de experimentar.
O Departamento de FQ quis assinalar a semana da ciência e da tecnologia abrindo os seus laboratórios e propondo a realização de dezenas de experiências. Os alunos não perderam a oportunidade e foram algumas centenas que por lá passaram, viram e experimentaram durante toda a manhã.
Quem disse que os jovens não se interessam por ciência?

...não podemos completá-lo

Imagem
Há um ano atrás os alunos envolveram-se de forma notável na elaboração de trabalhos que assinalavam o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA.
Recordamos o trabalho vencedor e o seu poderoso lema: Não o queiras completar.
Hoje, como ontem, a luta não pode parar e temos de continuar a estar atentos e a dedicar atenção àquele que é considerado um dos maiores flagelos da humanidade.

Como Resumir...

Imagem
Saber fazer um bom resumo ou conhecer o estato do aluno é fundamental! A aplicação a que podes aceder quer ajudar-te a compreender como o podes fazer, o documento em pdf traz o estatuto em vigor.faz aqui um clic

O Concurso Nacional de Leitura está aí...

Imagem
O Concurso Nacional de Leitura 2008/2009 está na sua 1ªfase e cerca de 60 alunos, do 3ºciclo e do ensino secundário, já fizeram a sua inscrição."Manhã Submersa" foi a obra escolhida para o ensino secundário.Um romance triste, de Vergílio Ferreira, que retrata o dia-a-dia da vida num seminário [com cariz biográfico o seminário é o do Fundão…]
O autor questiona as regras duras, a perda de liberdade, a vocação, a existência de Deus e a violência da realidade…



"Cão como nós",uma novela em forma de pequenas reflexões, de Manuel Alegre, foi a opção para o 3º ciclo.
Como diz Adelino Gomes “…sendo sobre um cão, o livro é sobre os homens.”
Esta é uma iniciativa conjunta do Departamento de Línguas Românicas e da BECRE.

...água quase tudo

Porque nunca é tarde para divulgar o trabalho dos nossos alunos
Ilustração do poema Lágrima de Preta de A. Gedeão pelos alunos do 12º ano CAV para a participação do Dep-Líng. Românicas na III Mostra de Ciência da Escola:Maio de 2008.

Balada de Outono

Imagem
É Outono e o espaço exterior da escola está lindo! Há momentos que merecem ser aproveitados. Faz uma pausa, contempla a imagem e ouve a Balada de Outono de Zeca Afonso.[vista da biblioteca]

Zeca Afonso - Balada De Outono
Enviado por Videos_Portugal

Até os provérbios mudam....

Imagem
Os falantes de qualquer língua, inconscientemente, obedecem à lei da economia de tempo e à lei do menor esforço, por tal, ouvimos, hoje, expressões que repetimos e a que damos significado mas que foram adulterados e se afastam nuns casos, muito, noutros menos do seu enunciado primitivo.
Damos conta de alguns exemplos estudados por Pasquale Neto.

Na forma popular diz-se:
Este menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro
Forma primitiva:
'Este menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'
Na forma popular diz-se:
'Quem tem boca vai a Roma.'
Forma primitiva:
Quem tem boca vaia Roma.
Na forma popular diz-se:
Quem não tem cão, caça com gato.
Forma primitiva:
Quem não tem cão, caça como gato... ou seja, sozinho.
Na forma popular diz-se:
Cor de burro quando foge.
Forma primitiva:
'Corro de burro quando foge!'

… muito para além do filme.

Imagem
O Nome da Rosa é um livro que merece, como todos os livros, ser lido; se outras razões não existissem, o que não é verdade, pelo tema.
Curiosamente a história passa-se em Novembro, ele há coincidências!..
A história desenvolve-se em plena idade média, no espaço de uma abadia, na sua biblioteca secreta pois nela existiam livros que não estavam convenientemente interpretados.
No centro um livro de Aristóteles que "... pode fazer com que as pessoas percam o temor a Deus e, portanto, faz desmoronar todo esse mundo".
Quanto às práticas bom... era comum as bibliotecas apagarem textos científicos ou filosóficos e sobre eles escrever novos textos.
Aproveitem a sugestão de leitura e procurem compreender melhor o significado do que verdadeiramente é uma tragédia e ou a falta de referências para o que será uma comédia [com Aristóteles na base] esse seu livro perdido.

...estas coisas do senso comum

Contrariando Aristóteles, opondo-se ao senso comum e desafiando muitos dos seus contemporâneos, Galileu (1564-1642) propôs que todos os corpos se largados em simultâneo, da mesma altura, chegam ao solo ao mesmo tempo. Esta proposta seria verdadeira para o caso extremo de uma pena e de um pedaço de chumbo!
Esta proposta de Galileu contraria o senso comum, aquilo que observamos no dia-a-dia, pois todos sabemos que uma pena e um pedaço de chumbo não caem de igual forma.Se cairem do mesmo local,ao mesmo tempo, a pena chegará ao chão muito tempo depois.
Estará Galileu errado? Claro que não!
Galileu percebeu que a diferença apenas se ficava a dever à resistência do ar e que, na sua ausência, os corpos cairiam exactamente ao mesmo tempo.
Pateta,dá-nos uma ajuda.
Pateta Interpreta GalileuView SlideShare presentation or Upload your own.

... eu via Deus caminhar!

Imagem
“Do meu telescópio, eu via Deus caminhar!
A maravilhosa disposição e harmonia do universo só pode ter tido origem segundo o plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isto fica sendo a minha última e mais elevada descoberta.”

Isaac Newton

muito para além de simples água...

Imagem
Gota de Água

Eu, quando choro,
não choro eu.
Chora aquilo que nos homens
em todo o tempo sofreu.
as lágrimas são minhas
mas o choro não é meu.

A. Gedeão

... no entanto ela move-se!

Imagem
Com o Ano Internacional da Astronomia 2009 [AIA2009] celebram-se as primeiras observações astronómicas feitas por Galileu, usando uma luneta astronómica construída por si.

Numa carta datada de 1610, Galileu dá-nos conta da sua constituição: ”…preparei um tubo de chumbo, nas extremidades do qual encaixei duas lentes de vidro, ambas planas de um lado, mas do outro lado uma esfericamente convexa e outra côncava…”
Esta invenção marcou de forma indelével os 400 anos seguintes de descobertas no domínio da astronomia.

Os dois grandes objectivos do AIA2009 são ajudar as pessoas a redescobrir o seu lugar no Universo e a compreender melhor de que modo o conhecimento científico pode contribuir para uma sociedade mais justa e mais pacífica.
Mais informações em:
http://www.astronomia2009.org

Concurso

Imagem
Concurso Nacional de Leitura

Ler é...

Imagem
“ …delfim é o engenheiro Tomás Manuel Palma Bravo. Uma espécie de cognome, entre outros de menor valia e alcance…” e O DELFIM é título de um romance, este romance onde se fala da vida e da morte.

Neste romance José Cardoso Pires olhou a realidade do seu país como se fosse a trama de uma intriga policial.


“Devo ter passado pelo sono – não muito tempo, o suficiente para distinguir na escuridão a mancha cinzenta da janela. Serão, quê, quatro horas? Acendo a luz e leio…”

Aproveitámos estas linhas do romance para dar a conhecer as respostas de alguns alunos à questão: PARA TI, O QUE É LER?


 Ler para mim é... sobretudo imaginação porque nem tudo é dito. Alexandre Batista

 Ler para mim é… embarcar num sonho que é o texto.
Bruno Nunes

 Ler para mim é… perceber o interior de um determinado texto, seja poesia, aventura, notícias… O importante é chegar ao seu significado.
Rogério Ramos

 Ler para mim é… descobrir coisas novas sobre o mundo e, muitas vezes, sobre nós próprios.
Paula Guter…

...no reino das palavras!

Imagem
Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estarão os poemas que esperam ser escritos...
Carlos Drummond de Andrade

Dia 27 de Outubro: Dia da Biblioteca Escolar

Imagem
No dia 27 de Outubro assinalou-se o DIA da BIBLIOTECA ESCOLAR.
A equipa coordenadora da BECRE decidiu divulgar neste dia o GUIA da BIBLIOTECA que ficará disponível a partir de um simples clic.
Este guia digital tem como grande objectivo ajudar-te a conhecer melhor a BECRE e os serviços que ela coloca à disposição dos seus utentes.
Acede ao GUIA e envia-nos as tuas sugestões para o podermos melhorar.

Foto história de Fernando Pessoa